Nessa quarta-feira, 5, a Secretaria de Educação (SE) da Prefeitura de Juiz de Fora (PJF) reuniu-se com diretoras(es), vice-diretoras(es) e coordenadoras(es) das Escolas Municipais.

Na abertura do encontro, a Caravana de Histórias, grupo formado por professoras e professores da rede municipal de educação, promoveu uma nova edição dos “Tira-gostos freirianos”. Em um passeio estético pelas memórias de Paulo Freire no ano do centenário de seu nascimento, foi apresentado um diálogo entre “Severino faz chover”, de Ana Maria Machado, e “O andarilho da utopia”, do patrono da educação brasileira.

Saudando os participantes, a secretária de Educação, Nádia Ribas, citou o artista Paulo Gustavo, falecido na noite do último dia 4, destacando suas mensagens de que “rir é um ato de resistência” e de que “amar é ação”. Ela ressaltou também a qualidade dos Diálogos Inclusivos e das apresentações das escolas nos Diálogos Metodológicos e Tecnológicos que fazem parte das ações formativas da SE em 2021.

A subsecretária de Articulação das Políticas Educacionais, Graciele Fernandes, mencionou o “Pacto Educativo Global” anunciado pelo Papa Francisco com a mobilização de várias lideranças mundiais, religiosas e não-religiosas, para propor uma Economia Solidária com foco no ser humano. Informando as equipes diretivas de que a SE está participando do Comitê Organizador do primeiro encontro que será realizado no Brasil sobre o Pacto, no âmbito do estado de Minas Gerais, Graciele convidou as equipes das escolas a participarem do evento no próximo dia 8 (sábado), das 8h30 às 14h.

Convidada para a reunião, a gestora educacional da Prefeitura de Campinas, Riza Lemos, que já atuou na SE, falou sobre a educação em meio à pandemia da Covid-19, apresentando as reflexões e o planejamento realizados para a retomada presencial na cidade paulista.

“Juiz de Fora tem uma característica muito importante, que é a formação dos profissionais. O conhecimento liberta e nos dá subsídios para que possamos pensar e construir um trabalho coletivo.”

Na parte final da reunião, a professora Patrícia Bustamante apresentou às direções e coordenações das escolas o processo desenvolvido para a produção de um jornal com alunas e alunos da Escola Municipal Santa Cecília, cuja primeira edição foi lançada no último dia 30.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui