A partir da publicação do decreto municipal 14.380, de 7 de março deste ano, que vedou o transporte de passageiros em pé nos ônibus urbanos e diminuindo a lotação, a Secretaria de Mobilidade Urbana (SMU) da Prefeitura de Juiz de Fora (PJF) vistoriou 5.398 coletivos até a última quinta-feira, 8.


Deste total, foram flagrados 361 transportando passageiros além do limite determinado, o que corresponde a menos de 7% dos veículos fiscalizados. Todos os ônibus em situação irregular foram autuados pelos agentes de transporte e trânsito da SMU, que são os responsáveis pelas vistorias.

Com foco principal nos pontos estratégicos no centro da cidade, a operação é realizada durante todo o dia, porém, sendo intensificada nos horários de pico e no atendimento de denúncias realizadas pela população. A vistoria também é promovida no horário de saída dos bairros, especialmente no período da manhã. Além do número de passageiros, os agentes também verificam a disponibilidade do dispositivo de álcool gel e se os usuários e os trabalhadores estavam utilizando máscaras.

A redução do número de passageiros nos ônibus é mais uma das medidas adotadas pela PJF para o controle da pandemia de Covid-19 no Município e foi implantada juntamente com a instauração da Faixa Roxa, do Programa Juiz de Fora pela Vida, que também decretou o lockdown na cidade. A determinação também é uma forma de proteção dos trabalhadores do transporte coletivo urbano.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui